quarta-feira, 19 de julho de 2017

CORAÇÃO PÚRPURA, por Mália Morgado (Poema)

 
Eu carrego esse coração púrpura no peito

Íris de boca aberta com um centro

De leão


Ou como


Bico de pássaro


- dizem que todos são filhos de Deus .


Um manto


Vestal


Mínimas vezes.


Uma aura mística


Intermitente


Como vaga-lumes na moita ou


Fogo-fátuo.


Mas


Esse coração é violáceo


Ora violento


Ora violeta


Veludo vivo nos teus


Ásperos dedos

Nenhum comentário:

Postar um comentário